O que muda ao turista com as novas regras do seguro-viagem?

novas regras seguro viagem - o que muda

Entraram em vigor no último sábado, dia 26/03, as novas regras para o seguro-viagem, elaboradas e aperfeiçoadas ao longo de quase dois anos. Até então, o serviço era comercializado majoritariamente como assistência de viagem, não como seguro, e agora passa a ter inclusos itens obrigatórios como cobertura de despesas médicas, hospitalares e odontológicas em viagens internacionais.

O jornal Folha de S. Paulo desenvolveu um passo a passo do que efetivamente muda para o turista.

TRASLADOS ESPECIAIS

Em caso de morte, o traslado do corpo, o “regresso sanitário” (em condições especiais), a remoção e a transferência médica passam a entrar obrigatoriamente no seguro.

DOENÇAS PREEXISTENTES

Passam a ser obrigatoriamente cobertas as crises provocadas por doenças crônicas e preexistentes.

RETORNO PARA CASA

Independentemente do tempo de seguro contratado, a cobertura passa a ser válida até o retorno do segurado para casa.

VENDAS

Apenas corretores e representantes das seguradoras poderão vender seguros.

PREÇOS

Não há consenso entre as empresas do setor mas, com a mudança, o serviço pode ficar caro.

 

Fonte: Jornal Folha de S. Paulo

As novas regras para o seguro-viagem entraram em vigor no dia 26 de março

Entre as novidades, a obrigatoriedade da cobertura de despesas médicas, hospitalares e odontológicas em viagens internacionais

novas regras seguro viagem
Entre as principais mudanças da resolução do CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados) está a obrigatoriedade da cobertura de despesas médicas, hospitalares e odontológicas em viagens internacionais, que passa a ser fiscalizado pela Susep.
O seguro para viagens ao exterior também passa a cobrir, obrigatoriamente, em caso de morte, o transporte do corpo até o domicílio, o chamado regresso sanitário, além de remoções e transferências para clínicas ou hospitais mais próximos, em caso de necessidade.
A resolução define que o seguro viagem, para receber este nome, deve garantir a segurados ou beneficiários indenização, limitada ao valor do capital segurado contratado, ou, ainda, serviços, no caso da ocorrência de riscos cobertos, desde que relacionados à viagem, durante período previamente determinado, nos termos estabelecidos nas condições contratuais.
Apesar de não obrigatório para deixar o Brasil, muitos países exigem a contratação do seguro viagem aos turistas, como é o caso de Alemanha, Espanha, França, Holanda, Itália, Portugal, Reino Unido e Suíça, além de outros 19 países europeus.

>> Confira aqui a íntegra da norma

Fonte: Cnseg

Seguro viagem: o que fazer em uma emergência?

A programação de uma viagem passa, entre outras coisas, pela contratação do seguro. Com ele, você pode se resguardar diante de eventuais situações que podem complicar seu passeio.

Com o seguro viagem, o passageiro não fica desamparado diante de uma doença ou um acidente que necessite atendimento médico. A maioria dos países mundo afora tem custos elevados para turistas.

Mas e se algo realmente acontecer? Você sabe como proceder para ter o apoio do seguro? Separamos algumas informações importantes abaixo:

  • O primeiro passo, se possível, é acionar o telefone de emergência da seguradora. Cada uma possui uma equipe especializada, que atende 24h, para dar suporte necessário e em tempo real;
  • Se a situação for grave e não há condições de ligar, vá direto o médico ou hospital para receber atendimento. Depois, faça contato com a seguradora para que ela assuma seu caso;
  • Qualquer pessoa pode ligar para a seguradora em seu lugar, basta ter o Certificado do Seguro em mãos para facilitar o envio dos dados;
  • Você pode pagar as despesas do seu atendimento médico. Ao voltar para o Brasil ou ao chegar em casa (viagens nacionais), o processo de reembolso será iniciado;
  • Se você sofreu um acidente ou ficou doente exatamente no dia da volta, todas as despesas para mudança da passagem serão bancadas pela seguradora, desde que ela tenha providenciado seu atendimento.

Post editado | Fonte: Blog da Minuto